BOI-CAVALO

No reino da criatividade pura! Há poucos restaurantes que nos deixem realmente de boca aberta, e logo desde o início do jantar. Assim como há poucos Chefs a quem reconheçamos tão facilmente e imediatamente o brilhantismo. Há muita gente criativa a cozinhar em Lisboa, mas a verdade é que só há um Hugo Brito. Assim … Ler mais

PARLAMENTO (Arouca)

No reino da carne arouquesa. E da simpatia! Uma das coisas de que mais gostamos quando saímos de Lisboa e conhecer novos restaurantes. E se há zonas para onde vamos já bem preparados, porque pesquisamos, temos referências, falamos com malta que conhecemos… há depois outros locais por onde passamos nos quais nem sequer nos preocupamos … Ler mais

SICARIO TAQUERIA MEXICANA (Porto)

Há aqui muito mais México do que só tacos! Isto de viajar tem um aspecto muito interessante, que é o de conhecer outras culturas principalmente através da sua gastronomia. Mas depois também nos causa uma reação engraçada quando regressamos: queremos sempre visitar restaurantes com comida desses países que visitámos, para comparar com o que comemos … Ler mais

OVEN

Um indiano de eleição… e a curiosa história de um forno tandoori. É sempre complicado falar sobre restaurantes temáticos de uma ou outra gastronomia, especialmente porque temos sempre pontos de comparação, que são os nossos favoritos. E podem sê-lo porque foi onde comemos melhor, onde o ambiente foi mais especial ou simplesmente porque fazem parte … Ler mais

RESTAURANTE MARCO

Francesinhas, muitas. E outras coisas também. Admito que não sou o mais fervoroso adepto de francesinhas. Como de vez em quando, especialmente quando vou ao Porto (onde cada pessoa tem a sua preferida, e onde há conhecedores a sério), já provei aquelas que para muitos são as melhores – da Taberna Belga, em Braga (leiam … Ler mais

OFÍCIO – TASCO ATÍPICO

Atípico sim. Mas tasco nem por isso… O Ofício já não é o que era. Sim, é verdade, ainda que isto só faça sentido para quem conhecia o “velho” Ofício, um pouco mais abaixo na mesma rua, quando tinha uma ementa quase inteiramente dedicada aos cortes de carne (com destaque para o chambão). Nessa altura … Ler mais

MUSA DA BICA

Muita cerveja… e petiscos do caraças! Nos dois anos anteriores à pandemia (que nos colocou em suspenso durante mais do que um ano inteiro), começaram a aparecer em Lisboa um conjunto de espaços que não conseguíamos encaixar facilmente no espectro do “restaurante”. E no meio dessa leva de espaços, alguns dos mais curiosos estavam relacionados … Ler mais

PÁTEO DO PETISCO

Petiscos iguais aos outros, mas o preço compensa! O que mais me irritou na vaga de tascas modernas e casas de petiscos que atravessámos há uns 6 ou 7 anos atrás foi a questão da criatividade: ou seja, não havia muita diferença de restaurante para restaurante, os petiscos eram basicamente sempre os mesmos. Quantas maneiras … Ler mais